2 de julho de 2012

O Melhor para Deus


“Não deixe para amanhã aquilo que pode ser feito hoje!” Este ditado popular é bastante usado e continua tendo o seu valor. Por que deixar para amanhã algo importante que está ao nosso alcance fazer hoje? Talvez amanhã seja tarde demais e não tenhamos mais oportunidade de fazer aquilo que podemos realizar agora.
O autor de Eclesiastes dá um conselho extremamente importante para as pessoas, especialmente aos jovens: “Lembre do seu Criador enquanto você ainda é jovem, antes que venham os dias maus e cheguem os anos em que você dirá: ‘Não tenho mais prazer na vida.” (Ec 12. 1) Ou seja, lembre de Deus durante o vigor dos melhores anos e enquanto o espírito empreendedor e otimista da juventude está com eles. Dedique o melhor para Deus.
É comum ouvirmos jovens dizendo: “vou aproveitar a vida, depois eu talvez dedique algum tempo para Deus”. O que seria “aproveitar” a vida, senão dedicá-la a Deus? Pois o autor de Eclesiastes, inspirado pelo Espírito Santo, nos estimula a dedicar o nosso melhor para Deus agora, pois é agora que temos a oportunidade de fazê-lo, usando os dons que ele nos concedeu.
É agora que o nosso vigor e o nosso entusiasmo podem ser usados para que o evangelho de Cristo chegue ao coração de todas as pessoas, transformando vidas, tirando o pecador das trevas do pecado para a luz da salvação em Jesus Cristo.
Podemos servir a Deus de diversas maneiras. O Senhor tem abençoado muitas pessoas com diferentes dons. Uns podem ser evangelistas, outros pastores, outros diáconos, outros bons pais, bons filhos. Não importa o chamado que você tenha, ou as habilidades que possui, é com esses dons que importa servir a Deus.
Uma ótima oportunidade de dar o nosso melhor para Deus este ano é ajudar ofertando para a casa pastoral. Se todos os irmãos unirem forças, conseguiremos de fato os recursos necessários para a conclusão da obra.
Dedique o melhor que você possui a Cristo, invista a sua vida naquele que morreu por todos. Seja instrumento nas mãos do Criador para que a alegria e a salvação possam ser compartilhadas com este mundo tão necessitado de vida verdadeira. 

 Adaptado de "O nosso melhor para    Deus, escrito pelo Rev. Gustavo Schmidt